Decisão.

Porque desde quando eu entrei na faculdade eu optei por fazer coisas que eu realmente gostava e queria. A própria escolha por Psicologia foi uma libertação, uma vez que deixei de responder à família, que sonhava que eu fizesse veterinária/agronomia/engenharia/desenho industrial ou algo que desse dinheiro. E se não bastava optei por uma universidade pública e no interior.
Estava cansada da capital e queria fazer o que minha alma pedia: Viver mais tranquila, sem cobranças, com liberdade de expressão e de atitude.

E deu certo.

Hoje após a faculdade continuo tendo esse lema. Nem sempre consigo 100% porque afinal as contas precisam ser pagas, mas sempre procuro manter a essência do que me faz bem.

Manter meu cavalo, minha vida no campo, minhas amizades, minhas viagens ~breves e por perto, mas cheias de amor e na cia de pessoas queridas ~ preenchem o que me faz bem de verdade.

Nesses momentos de reflexão vejo tive coragem de mudar e seguir um caminho que eu acreditava. E isso me liberta ainda mais.

Por isso,  mando uma dica para vida: siga sim a sua alma, faça as contingências mudarem até você deixar o ambiente do jeitinho que você quer ou o mais próximo disso. 😉

Anúncios

2 comentários sobre “Decisão.

  1. Assino embaixo (do lado, em cima, enfim). Acredito super que a tal busca incessante por alguma coisa deveria ser tão somente por coisas que nos fazem bem, nem que isso seja não arrumar a casa num dia de preguiça. Muitas vezes, geral idealiza uma coisa do além como felicidade ou realização e as coisas boas e pequenas que são o que realmente nos fazem bem vão ficando de lado para agradar o mundo/esse ideal. 😉

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s