Mundo Equestre Particular #4

Acho que finalmente estamos evoluindo! Ao chegar no sítio, Cavalo relincha ao nos ver demonstrando que passa a nos ter como parte de sua tropa. Parou com as mordidas malignas e mantém apenas as mordiscadas suaves de “você pertence ao meu bando, chega aqui!“. E voltou a permitir proximidade e afeto (oooooin), parando com os episódios de birra-no-chão.
Acho que a novena deu certo e o encosto do obsessor-cavalo-revoltado foi doutrinado e deixou meu neném mais sossegado. #GlorificaDePé.
É claro que falta muito trabalho e ainda mais dedicação, mas perceber que Cavalo considera eu e marido como seus trutas já nos é um imenso avanço!
E vendo nossa interação atual, já deu para perceber como será quando marido e eu tivermos nossos filhos.
Marido sendo o que coloca ordem na casa e disciplina as crianças e eu sendo o pudinzão que não aguenta um olhar pidoncho que sede toda a hora, tanto que Cavalo já respeita mais Marido do que eu, afinal ele já descobriu quem é o molóide no bando: EU.
E como eu sei disso? Quando Marido está fazendo o treino com ele, ele foge e vem em minha direção com aquele olhar lânguido de ‘me tira daqui, não quero ficar correndo, mamãe.“. Ou seja, já é um treino para quando a família crescer.

E agora deixo um vídeo de como eu espero que meu bebê humano seja e só me faltava ele não gostar de cavalos. humpft.

Anúncios

Um comentário sobre “Mundo Equestre Particular #4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s